Resenha #22: The Heart of Betrayal - Mary E Pearson

FICHA TÉCNICA
Autor: Mary E. Pearson
Título: The Heart of Betrayal - 2º vol. das "Crônicas de Amor e Ódio"
Edição: 1ª ed
Local de Publicação: Editora Darkside Books, 2016.
Selo: Darklove
Nº Páginas: 395
Gênero: Fantasia




Atenção: Essa resenha pode conter spoiler do primeiro livro.


Não existem regras quando se trata de sobrevivência.

Lia, que sonhava com uma vida tranquila em Terravin foi levada pelo assassino para o seu Reino: Venda. 
Agora parece que todas as esperanças se foram. Ela vai ficar presa naquele inferno para sempre. Mas lá no fundo da sua alma ela percebe que de alguma forma precisa conhecer melhor o povo vendano e ao fazer isso ela vai descobrir verdades sobre a própria história do seu povo.

O segundo livro vai te imergir no assustador e misterioso Reino de Venda e aqui vamos ter uma Lia estrategista, fria e cada vez mais líder, o que vai despertar a ira de muitos vendanos poderosos, incluindo o terrível Komizar.

Sempre há mais coisas que podem ser tomadas. - Komizar 



Tensão. Essa seria uma boa escolha de palavra para descrever esse livro. Alguns consideraram uma leitura mais arrastada. Mas esse foi um dos livros que eu mais curti a leitura. A descrição da autora está mais impecável do que nunca. Os diálogos são maravilhosos e mostram principalmente o crescimento da Lia.
A cada capítulo você descobre uma coisa nova ou conhece melhor um personagem e é exatamente isso o que surpreende na leitura. 

Você vai perdendo certos preconceitos que criou no primeiro livro ao entender melhor o passado de alguns dos personagens como no caso do Assassino (ainda não vou falar quem ele é, aliás, até a última resenha não vou dizer quem é o Assassino e quem é o Príncipe, quem é Rafe e quem é Kaden - vai ter que ler hahaha)



Disse uma vez um filósofo chamado Rousseau que: "o homem nasce naturalmente bom é a sociedade que o corrompe." Nesse livro essa frase realmente faz total sentido e é muito bem aplicada. Percebemos que o desejo pelo poder pode realmente transformar alguém em uma outra pessoa e que traumas vividos na infância podem mudar completamente sua noção de mundo e redefinir o sentido de "família" e sentimentos como o "amor". 
O Komizar é a prova de que o poder e as circunstâncias que o determinam podem torná-lo num homem terrível, sem escrúpulos nenhum quanto à violência e uso da sua força.

Esse livro também nos mostra que em momentos de dor, fome e desespero a esperança é a única coisa que alimenta, acalma e alivia a dor de um povo que só conhece o sofrimento. 
A esperança em um novo mundo. A esperança naquela que foi caçada, torturada mas que vai sacrificar a vida dela pela sua...

Não eram apenas presentes que vinham com grandes sacrifícios. Às vezes o mesmo acontecia com o amor. - Lia

Aqui Lia descobre a profecia da qual o povo vendano tanto acredita e qual é o papel dela nisso. A verdade sobre como se formaram os Reinos de Morrighan e Venda a assustam e destroem todo o conceito que foi obrigada a aceitar desde criança como única verdade.



Cada capítulo, como disse anteriormente, é decisivo na compreensão do mundo criado pela autora. E mostram que as ações são totalmente condizentes com os personagens, mas você ainda não tem total ciência sobre o limite deles. Até onde eles podem ir para conseguirem o que desejam? Algumas atitudes nos surpreendem, de verdade.

Sem falar que as torturas que Lia sofre (fisicamente e emocionalmente) a deixam cada vez mais forte e mais determinada a destruir aqueles que causaram toda a sua dor.

Às vezes, ganhar não é uma questão de conhecer as regras, mas sim de fazer com que seu oponente ache que ele as conhece melhor que você. - Lia

ENTENDENDO VENDA:

Vale registrar alguns detalhes que aparecem muito no livro e que precisei anotar para não me perder:

*Rahtans: são os melhores guerreiros de Venda. Significa "Nunca Falhar". Eles tratam uns aos outros como "camaradas" e são um tipo de definição de família. Eles recebem missões do Komizar - quase sempre são assassinatos a cometer - e por isso viajam bastante por todos os reinos. 

*Chievdars: são os comandantes do exército. Cada batalhão tem o seu. Eles também tem poder de decisão política.

*Governadores: são os representantes políticos das províncias. Que não são escolhidos pelo povo. Eles se tornam governadores à força. Quando alguém mais jovem, mais forte e mais terrível ameaça tomar o posto de governador, eles entram em combate e quem vencer é o novo "representante do povo".

Parece então, que o Reino de Bárbaros que não tinha capacidade alguma é extremamente estruturado e conta com um exército poderoso e armas muito potentes capazes de causar a aniquilação dos outros reinos. E foi isso que, ao longo dos 11 do Komizar no poder, que ele planejou e sonha com esse momento: destruir os reinos e fazer com que todos se curvem perante seu poder.

Mas antes de colocar os planos dele em prática vai ter que lidar com uma Lia astuta, manipuladora e mordaz. E isso  vai deixá-lo completamente furioso.


Mas Rafe tem um plano: fugir com Lia dali. Kaden também tem um: construir com Lia sua família ali em Venda. Mas quem irá dominar o coração selvagem de Lia? Será que eles vão conseguir escapar? Ou pior ainda: quem sairá vivo de Venda?


São todas as questões que serão vividas de forma intensa, aterradora e espetacular pelo leitor. É um imersão total na leitura. Eu virei duas noites lendo porque simplesmente não conseguia largar o livro sem saber o que aconteceria depois.

Até as últimas páginas do livro você prende a respiração.  E fica se perguntando: será que vai dar tudo errado? 



Leitura mais que recomendada!

Ah, uma ressalva: a edição do livro, como sempre está DIVINA! A Darkside não brinca de fazer livros, ela faz obras de arte. O primeiro livro tinha as cores douradas como destaque. Nesse livro o vermelho é quem ganha espaço. Além disso, essa edição é em capa dura. Linda de viver!
Adquira o seu: Amazon

Mais uma obs: viram o tanto de post it? hahaha me empolgo. É que tinha tanta frase incrível, tantos diálogos maravilhosos que não resisti. Mas é claro que não vou contar aqui esses registros para não estragar o prazer da leitura que vocês terão.

Um beijo e até a próxima!

4 comentários:

  1. Oi Mi :)
    Que resenha fantástica!!! Deu vontade de ler o livro de novo! Rsrsrsrs... Como esse segundo livro é incrível! Que personagens, que fantasia especular! Estou apaixonado pela autora e tudo que ela criou! E por incrível que pareça, vc há de concordar comigo que o terceiro livro é o melhor de todos! Ele já começa alucinante! Estou enrolando muito a leitura! Não quero me despedir da Lia! Rsrsrsrs... "Aquela marcada pela garra e a vinha..." 😍
    Beijos

    www.blogleituravirtual.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim,o terceiro dá aquele frio na barriga, aquela ansiedade pelos próximos passos da Lia. Ele realmente é meu favorito também. Ela é muito badass! Haha Eu não consegui me aguentar, tive que ler tudo em poucos dias! Que bom que gostou da resenha! É até difícil falar de um livro que amamos tanto. Só esperando pelo livro "Morrighan" ser traduzido e lançado no Brasil 😄
      Beijo!

      Excluir
  2. Muito bom. Você colocou todos os detalhes importantes para começar a leitura sem ficar perdido. Gostei bastante desse livro, mas p mim o melhor é o terceiro.

    Ah e amei as fotos. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O terceiro livro é a coisa mais incrível que já li na vida! Também é meu favorito.
      Obrigada Ellen <3

      Excluir

por Milene Farias desde 2016. Tecnologia do Blogger.