Resenha #44: Assassinato no Expresso do Oriente - Agatha Christie

Quantidade de páginas: 200
Editora: Harper Collins
Autor: Agatha Christie
Ano de lançamento: 1932 (no Reino Unido)
Gênero: Romance Policial



Hercule Poirot, o melhor detetive do mundo, está retornando para Londres de trem quando um ocorre um assassinato na cabine ao lado da sua, porém nessa mesma noite o percurso foi interrompido por causa de neve no trilho. Será que Poirot aceitará essa missão e descobrirá o assassino? Será que o assassino permanece no trem? Às vezes a verdade está bem na nossa frente e não conseguimos vê-la.

Sinopse:
Nada menos que um telegrama aguarda Hercule Poirot na recepção do hotel em que se hospedaria, na Turquia, requisitando seu retorno imediato a Londres. O detetive belga, então, embarca às pressas no Expresso do Oriente, inesperadamente lotado para aquela época do ano.
O trem expresso, porém, é detido a meio caminho da Iugoslávia por uma forte nevasca, e um passageiro com muitos inimigos é brutalmente assassinado durante a madrugada. Caberá a Poirot descobrir quem entre os passageiros teria sido capaz de tamanha atrocidade, antes que o criminoso volte a atacar ou escape de suas mãos.








Nessa postagem eu falarei do livro e das duas adaptações para o cinema que ele teve. Não contarei muito da história, porque na minha opinião esse é o tipo de livro que tem que ler às cegas.

Esse livro é dividido em três partes, sendo a primeira parte introdução da história para nos situar no ambiente e nos apresentar aos personagens, na segunda parte ocorrem as entrevistas com os suspeitos (neste momento fiquei fazendo mil suposições sobre quem era o assassino e como ele havia cometido o crime) e na terceira parte nós temos a reflexão do detetive sobre o caso e o veredito final.

O início da história é bem cansativo, portanto recomendo que leia logo de vez para não abandonar a leitura. A curiosidade e a imaginação do leitor são a todo momento incentivadas, já que a Agatha nos deixa tensos e suspeitando de todos.

Me foi dito que descobrir o assassino seria bem difícil, então comecei a suspeitar dos menos suspeitos, mas ao concluir a leitura descobri que errei feio. Se chegarem a ler este livro peço encarecidamente que retornem aqui e me contem se conseguiram descobrir ou se foram pegos de surpresa assim como eu.

Esse gênero literário não é dos meus favoritos, para falar a verdade é o primeiro que li e gostei. Achei muito bem escrito, nada fica confuso, a história é muito instigante, nos faz imaginar muito (me senti a própria detetive) e é muito rápido. Pretendo ler todos os livros da Agatha, porque eu me apaixonei por esse livro e acredito que todos os outros dela tenham essas mesmas características que tanto amei.

Vamos agora falar das adaptações... existem duas adaptações cinematográficas deste livro, uma delas foi lançada em 1974 e a outra agora em novembro de 2017.


ADAPTAÇÃO DE 1974:

Ela foi muito fiel ao livro, seguindo fielmente as divisões dos momentos como Agatha fez, os personagens condiziam com as descrições no livro e todos atuaram maravilhosamente bem. Porém o filme, ao contrário do livro, é bem lento e cansativo durante toda o desenvolvimento.

O ator que interpretou o detetive me incomodou um pouco, porque ele imitava muito a interpretação de Charlie Chaplin e eu não imaginei o personagem assim quando estava lendo. Os outros atores, na minha opinião, foram fantásticos e eu não mudaria nada neles


ADAPTAÇÃO DE 2017:

Muitas coisas foram alteradas e algumas delas me incomodaram um pouco. Esse filme foi bem movimentado, toda hora acontecia algo para prender a atenção dos expectadores. O trabalho de fotografia está fantástico, cada cena era mais bonita que a anterior.

A atuação de Kenneth Branagh, interprete de Hercule Poirot, foi fantástica e na minha opinião melhor que o antigo. Os outros atores atuaram também muito bem, mas muitos deles não condiziam com as características físicas ou emocionais dos personagens dos livros. Acredito que essas mudanças foram arquitetadas pelo diretor do filme para deixa-lo mais atual e surpreendente para quem já conhecia a história.

O filme é muito bom, mas tenham em mente quando forem no cinema que é uma adaptação e que as coisas não estarão iguais ao que você leu hahaha’


Nota do livro: 5/5


Você pode adquirir esse livro na Amazon ou em outra livraria de sua preferência.


Me encontre no Skoob e no Instagram


Espero que gostem da leitura! Até a próxima


-Clara Liz Brito Moreira 

Nenhum comentário:

por Milene Farias desde 2016. Tecnologia do Blogger.